“Porque ainda é você, em cada cantinho do meu coração, em cada suspiro da minha alma, em todos os meus sonhos, mesmo naqueles em que eu não estou dormindo. Ainda é por você que meu coração bate, e transborda todo o sentimento que permito sentir, nos quais eu não consigo me libertar, e muito menos quero, é mais por ti, do que por mim, e ainda sim, é você o melhor sentido da vida, mesmo que seja “ainda”, dentre todas as coisas que eu faço, de todas as coisas que eu digo, não poderia eu mudar nada, porque não haveria menor sentimento para que eu pudesse senti-lo por você, ou é tudo ou é nada, e no entanto você ainda é tudo, mesmo que não esteja aqui, e qual sentimento verdadeiro, se condena a deixar o seu amor? E por você, não seria eu, capaz de deixar escapar se quer algum sentimento que possa existir, porque não seria eu verdadeira nas minhas palavras, muito menos no meu amor, e se ainda é por você, é porque nunca deixará de ser, mesmo diante de todo o tempo, ainda entre outros amores, poderá se passar o dia mais frio, e a noite mais sombria, mais ainda será por você.”

Jessica Santos.  (via doistonsdeamor)
“O coração não envelhece os velhos amores.”

— Sam Nascimento, La vida passe - Carlos, o escrivão.  (via poematizei)
“Eu não tinha muito a oferecer, não tinha uma casa própria, não tinha um carro, não tinha um centavo no bolso. O máximo que consegui foi me formar na faculdade, mas ainda morava com os meus pais, ainda não sabia muito o que fazer da minha vida. Mas eu tinha tanto amor pra oferecer, e Deus, como eu rezei pra esse amor ser o suficiente pra fazer com que ele ficasse.”