“Eu não tinha muito a oferecer, não tinha uma casa própria, não tinha um carro, não tinha um centavo no bolso. O máximo que consegui foi me formar na faculdade, mas ainda morava com os meus pais, ainda não sabia muito o que fazer da minha vida. Mas eu tinha tanto amor pra oferecer, e Deus, como eu rezei pra esse amor ser o suficiente pra fazer com que ele ficasse.”